top of page
Buscar
  • psicostapaulo

Os escritos técnicos de Freud

Atualizado: 26 de jan.


Como foi importante passar por esse seminário com vocês, Camila Borges, Fernanda Diaz e Thaísa Barbosa. Foi de um desafio enorme.

Queríamos fazer desse seminário um grupo, mas, em um primeiro momento tínhamos um obstáculo a pensar quem o conduziria, precisávamos de alguém mais experiente que nos mostrasse o caminho, o que Lacan queria dizer... um mestre, da qual o aluno extrairia o seu saber.

Isso se deslocou. O desejo pelo grupo fez com que dessas pedras que obstaculizavam o caminho erigíssemos uma ponte para acessar os textos, prescindindo de um mestre. Pudemos circular com as nossas questões, construir algo sobre elas. Agrupar.

Agradeço pelas contribuições, pela insistência, pelo compromisso com esse saber que não está todo para a compreensão. Nos lançamos divididos entre o saber e o não saber e nos surpreendemos com a potência que o não senso provoca, fura o saber e nos coloca a saber.

E já antecipo que desejo continuar sabendo...

Desejoso de novos inícios.


"Cabe aos alunos, eles mesmos, procurar as respostas às suas próprias questões. O mestre não ensina ex-cathedra uma ciência já pronta, dá a resposta quando os alunos estão a ponto de encontrá-la "

28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page