top of page
Buscar
  • psicostapaulo

Eu falo sem saber


“[…] eu falo sem saber. Falo com o meu corpo, e isto, sem saber. Digo, portanto, sempre mais do que sei. É aí que chego ao sentido da palavra sujeito no discurso analítico. O que fala sem saber me faz eu, sujeito do verbo.”



Lacan (1973) em “Seminário livro XX - Mais, ainda”

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page